Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Delfim Moreira - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Delfim Moreira - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social WhatsApp
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
25
25 DEZ 2022
HOMENAGEM
O NATAL E AS ANDORINHAS
enviar para um amigo
receba notícias
Num domingo sem sol, nesse mês de dezembro, bem defronte de onde estávamos sentados, uma andorinha recolhia um graveto. Acompanhada pelo consorte, dirigiram-se a uma abertura do telhado que escapara da atenção arquitetônica do pedreiro. Estavam construindo seu ninho. 

Há alguns séculos atrás, um carpinteiro e sua jovem esposa abrigaram-se num pobre estábulo também forrado de palhas. Talvez não tão belo como o ninho das andorinhas ou os lírios do campo. De qualquer maneira, os filhotes e o Menino foram aninhados com calor, simplicidade e instinto santo. 

Andorinha, andorinha mostrai a todos nós – aos retireiros do Sertão Pequeno, aos pedreiros do Rosário, aos professores da Marquês e das escolas municipais, aos comerciantes das Barra, aos desempregados e infelizes do município, aos agricultores da Barba de Bode, às mães solteiras, aos funcionários da Prefeitura, aos alunos da ROGE, aos atuais e futuros vereadores e Prefeitos – a todos nós, como se constrói um lar tão digno como a Manjedoura.

Andorinha, andorinha emprestai-nos suas asas para que voemos por sobre as verdes montanhas e araucárias de Delfim Moreira. Que nos mais longínquos recantos, que nas mais humildes habitações deixemos, como você em seu ninho, um pedacinho do voo azul e da alegria do canto e do ovo. 

Andorinha, andorinha dai-nos o seu coração para que, como papais-noéis de casaca, em cima das chaminés ou dos telhados possamos deixar o nosso grito de Feliz Natal e por sobre a mesa de todas as famílias delfinenses um ramo de Esperança para 2023.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia